18 Melhores livros para se ler na quarentena

Vivemos tempos difíceis, precisamos nos permitir entender a situação a cada dia, precisamos aprender outros assuntos e buscar diferentes formas de conhecimento. Talvez este seja o momento que você estava esperando, olhe para sua estante e leia todos os trabalhos que você conseguiu em promoções, livrarias e viagens.

Ou então, você pertence a um grupo de pessoas que procuram uma atividade divertida em ambientes fechados, mas ainda não têm um guia introdutório.

Pensando nisso, criamos este artigo para falar um pouco mais a respeito dos melhores livros para se ler na quarentena, através de uma lista criada com excelentes títulos para você. Portanto, se você quer saber mais sobre essa lista, continue a leitura para saber mais.

Para mais dicas sobre livros, sugerimos o site Indica Livros.

A Bailarina de Auschwitz – Edith Eva Eger 

O primeiro livro da nossa lista trata de uma bailarina da região de Auschwitz, um local utilizado como campo de concentração por Hitler durante a 2.º Guerra Mundial.

O titulo original é The Choice, mas foi publicado no Brasil como A Bailarina de Auschwitz. Trata-se de um livro onde a autora conta a própria história na época em que permaneceu nos campos de concentração, quando tinha apenas 16 anos. Superado o trauma, a autora se tornou terapeuta nos Estados Unidos.

The Ride of a Lifetime – Robert Iger

Nesse livro, o autor Rober Iger ou como é mais conhecido Bob Iger, narrou todos os aprendizados obtidos na sua carreira a frente da Disney, onde era responsável pela liderança de mais de 200 mil colaboradores, elencando as qualidades necessárias para se tornar um líder. Bob foi CEO da Disney durante 16 anos, iniciando em 2005 e encerrando no início de 2021.

Atlas de Nuvens – David Mitchell

Sem dúvida, este é um dos melhores livros de romance.

O romance escrito por David Mitchell, Atlas de Nuvens, faz um misto de gêneros em apenas uma obra, onde mistura quebra-cabeças nabokoviano, aventura, romance e conhecimentos científicos, através de uma obra que se passa em um futuro pós-apocalíptico.

A Grande Gripe: A História da Gripe Espanhola, a Pandemia Mais Mortal de Todos os Tempos – John M. Barry 

O livro em comento é um dos mais vendidos, que inclui em sua obra um estudo complexo e definitivo sobre uma das pandemias que mais fez vítimas em toda a história. Ao todo, mais de 100 milhões de pessoas foram vítimas dessa pandemia mortal.

Good Economics for Hard Times –  Abhijit Banerjee e Esther Duflo

O próximo título é “Good Economics in Hard Times”, escrito pelas ganhadoras do Prêmio Nobel Abigail Banerjee e Esther Duflo, este livro mostra como lidar com a economia de hoje. Esta é a questão chave para qualquer um, o que pode ser um grande desafio.

O Guia Headspace para Meditação e Mindfulness – Andy Puddicombe

No “Guia de Meditação e Mindfulness Headspace”, a história narra um ex-monge e suas técnicas para meditação e concentração.

Arte e a Ciência de Memorizar Tudo – Joshua Foer

“A Arte e a Ciência de Memorizar Tudo” é um livro escrito pelo jornalista Joshua Foer. Quando ele conheceu os participantes de uma competição onde pessoas com memória extraordinária estavam participando, ele descobriu que eles estavam comprometidos em Ajudá-lo a se lembrar de todo o treinamento do poema, para exemplo, ou ainda a ordem de um baralho de cartas.

Perdido em Marte – Andy Weir

A obra que se tornou inspiração para o filme “Perdido em Marte” retrata a 17º pessoa a pisar em solo marciano. Porém, por problemas na nave graças a uma tempestade de areia, a tripulação ficou impossibilitada de voltar para terra e se perdeu no planeta vermelho.

Um Cavalheiro em Moscou – Amor Towles

A obra vendeu mais de 1 milhão de exemplares e foi best-seller em Nova Iorque durante mais de um ano. Responsável por unir humor, leveza e tradições que há muito tempo foram esquecidas.

O Melhor que Podíamos Fazer – Thi Bui 

O filme trata sobre a busca de um futuro digno, assim como as nuances do passado, que podem servir de aprendizado. Além disso, retrata toda uma angústia que tem como causa a imigração e todas as mudanças causadas por ela.

Trilogia Rosie – Graeme Simsion

A história da trilogia gira em torno de um professor de genética, que está em busca de uma esposa perfeita. Todas as obras seguintes se desenrolam a partir dessa premissa. Infelizmente ainda não existe uma tradução para o português.

Hyperbole and A Half

O surgimento desse livro se deu a partir de uma adaptação de um blog, onde são contadas histórias engraçadas vividas na sua vida cotidiana, acompanhadas de ilustrações feitas no “Paint”.

E Se?: Respostas Científicas para Perguntas Absurdas – Randall Munroe

Trata-se de um livro, com histórias em quadrinhos, que foram baseadas nas perguntas estranhas que o autor recebeu enquanto trabalhava no departamento de robôs da NASA.

O Sol é para todos – Harper Lee

Essa obra é um clássico da literatura norte-americana. A trama é narrada por uma garota chamada Scout, onde é contada a história de um advogado, responsável por defender um homem negro que foi acusado de estuprar uma mulher branca.

Todos os contos – Clarice Lispector 

Embora seja considerado como sendo um livro complexo, a autora tenta transmitir com clareza as suas ideias por meio dos contos.

Só Garotos – Patti Smith

A obra publicada no Brasil em 1970 é um excelente exemplo de livro para se ler na quarentena, visto que traz um apanhado de contos e histórias excepcionais.

Difícil soltar Cem Anos de Solidão

O título é outra sugestão de livros para se ler na quarentena, relatando a história da família Buendía e o seu dia a dia em Macondo.

O Segundo Sexo – Simone de Beauvoir

Por fim, o livro O Segundo Sexo é nossa última sugestão de livros para se ler na quarentena. Neste clássico, a filósofa existencialista destrincha o lugar da mulher na sociedade.