Cuidados para ter com os bebês durante o alto verão

O verão já chegou e, com ele, todos os cuidados que temos que ter quando falamos de bebês. Os pequenos se divertem e curtem muito o sol, mas é preciso ter atenção ao calor. A climatização e a hidratação são fundamentais para evitar problemas com as crianças. 

Vale lembrar que a pele das crianças tem mais tendência à desidratação do que a dos adultos, por isso, elas precisam de ainda mais cuidados no calor. Além disso, também há as conhecidas brotoejas, que são as bolinhas vermelhas formadas pelo calor na pele e exposição excessiva ao sol.

Por isso, preparamos seis dicas para você cuidar do seu bebê no verão e ficar despreocupado. Afinal, quando vocês estão se divertindo no calor, a única preocupação deve ser aproveitar muito o dia, o mar e a piscina.

Roupas leves e tecido de algodão

Na estação mais quente do ano, opte sempre por roupas leves, sem mangas e, de preferência, que sejam 100% de algodão. O material é o mais respirável e deixa a pele do bebê menos incomodada. Os tecidos sintéticos geralmente causam mais calor e podem ocasionar brotoejas, então precisam ser evitados. 

Hidratação, sua melhor amiga

Mais do que nunca, as crianças precisam de hidratação. A pele dos pequenos é mais fina, por isso a desidratação acontece de forma mais rápida. Para que isso não ocorra, lembre-se de oferecer líquidos, principalmente água, várias vezes ao longo do dia ao bebê.

E, se possível, brinque com ele na água. Pode ser na piscina, na praia, no chuveirão e até em uma bacia. Mas, lembre-se, todo cuidado é pouco com os afogamentos, fique sempre por perto e de olho na brincadeira.

Filtro solar e chapéu

Vale lembrar que não é recomendado usar filtros solares em bebês com menos de seis meses. Para esses, é indicado exposição solar até às 10h da manhã e após às 16h.

Mas, para os mais velhos, sempre que for se expor ao sol, use o filtro e, claro, reaplique quantas vezes forem necessárias. Além disso, o chapéu deve ser o companheiro das crianças, ele é essencial para proteger o bebê da exposição excessiva à luz solar.

Óculos de sol, sim, mas com cuidado

Usar óculos de sol é uma forma de proteger os olhinhos das crianças, mas o produto tem que ser de boa qualidade. Use óculos com lentes que tenham proteção contra raios UVA e UVB e sem grau, a menos que tenha sido indicado pelo médico especialista.

Cuidado com a temperatura

Se o calor já é incômodo para os adultos, imagine para os bebês. Então, se for possível, ligue o ar-condicionado ou o ventilador. Além de ser um conforto a mais para os pequenos, ele evita a desidratação pelo suor. 

Alimentação leve e geladinha

Aposte em alimentos leves, como frutas e verduras, além dos sucos. E para aliviar o calor, vale preparar sorvetes e picolés naturais. Eles têm menos açúcar e são ótimas opções para refrescar o dia.

Banho frio, sim!

Por último, vale deixar claro que o banho frio não deve ser condenado! Criança não poder tomar banho sem ser quente é um mito. É claro, a água não deve estar muito gelada, para não prejudicar o bebê, mas em temperatura ambiente é uma ótima opção para espantar o calor. 

Mas, cuidado: após o banho, nada de ficar na frente do ventilador ou em um ambiente gelado, por causa do ar-condicionado. Tome cuidado com essas situações, para que a criança não fique resfriada.