Etapas da produção gráfica

Quando o cliente dá à equipe criativa os parâmetros do que ele quer, é o designer que faz com que isso ganhe vida. Na fase de produção, todas as peças se juntam e o projeto é concluído. Sem dúvida, a fase de design gráfico é onde o dinheiro é feito.

De acordo com uma gráfica em Osasco, para se destacar nessa área, você deve ser capaz de trabalhar em um ambiente de ritmo rápido e deve ser muito orientado para os detalhes. Você também deve ser capaz de multitarefa e priorizar. A experiência com Photoshop e Illustrator é um plus.

É essencial que todos os envolvidos no processo de produção tenham um conhecimento profundo das diferentes fases de produção, que são: definição dos processos de impressão, pré-impressão, prensa, pós-impressão e acabamento.

Para que estas etapas se desdobram perfeitamente, é importante que todos os envolvidos tenham um conhecimento técnico dos diversos sistemas e tipos de impressão (digital, offset, flexografia, termografia, serigrafia, rotogravura e outros).

Portanto, é possível produzir tudo com agilidade e qualidade, gerando satisfação para o cliente final e o designer responsável. Entretanto, não importa o sistema de impressão escolhido, a produção segue os pedidos citados e discutiremos mais detalhadamente a seguir.

Definição do processo de impressão

Processos de uma gráfica

Nesta fase, há várias ações importantes que acontecem.

A primeira é a verificação dos arquivos enviados pelos criativos. Isto é feito para garantir que eles preencham as condições exigidas pela gráfica. O principal objetivo é identificar e corrigir quaisquer possíveis falhas nos arquivos, a fim de obter a máxima qualidade de impressão.

Ao definir o processo de impressão, é o ponto em que os elementos gráficos serão transferidos para o papel. Este é o momento de escolher o processo de impressão apropriado, ou seja, qual processo é mais adequado para lhe dar a peça impressa que você deseja.

O processo pode ser direto ou indireto: em transferências diretas, como na rotogravura, flexografia ou serigrafia, a tinta é transferida diretamente da matriz para o receptor. Em transferências indiretas, como na impressão offset, a tinta é transferida através de um intermediário, geralmente uma chapa.

Pré-impressão

Normalmente é impresso na gráfica que fará o trabalho de impressão, ou mesmo em um birô.

O objetivo é produzir os fotolitos, que consistem em uma película plástica transparente feita de acetato. Estes são usados para produzir as matrizes para a maioria dos processos de impressão gráfica.

No entanto, esses fotolitos tendem a ser abandonados em razão da modernização dos processos de impressão que acontece de forma cada vez mais rápida. Para todos os efeitos, essa etapa também inclui a digitalização e edição das imagens em alta resolução de acordo com a complexidade de cada projeto.

Fotolitógrafos tendem a ficar cada vez menos usados devido tecnologia digital de hoje.

Eles podem ser digitalizados eletronicamente e depois editados digitalmente de acordo com a complexidade de cada projeto.

Impressão

É chegada a hora tão esperada: começa a produção da matriz ou forma dentro da gráfica que fará a impressão no setor conhecido como fotomecânica. 

Neste momento, a produção da arte começou oficialmente. A gráfica recebeu a cópia final (matriz) do designer e agora está pronta para produzir a arte final.

Com a tecnologia necessária, quase todas as máquinas de impressão já têm a capacidade de fazer automaticamente as dobras e eventualmente cortar o material. Isto permite que a impressora avance para o próximo trabalho e aumenta a produtividade.

Neste ponto, o material é encaminhado ao finalizador para a dobra final, costura, etc.

Acabamento

Esta é a etapa final. É onde a gráfica faz todos os ajustes necessários para preparar o material impresso para o envio.

Normalmente, é aqui que a impressora fará correções para qualquer diferença de cor ou balanço preto/branco, bem como verificará o tipo de face e o tamanho para verificar a precisão.

É importante garantir que tudo seja feito a tempo. Você deve atender às necessidades do cliente e evitar qualquer inconveniente, certificando-se de que todos estejam comprometidos com o projeto.

Este é um passo importante, e deve ser feito por um fornecedor confiável que tenha a capacidade e a experiência para fazer o trabalho direito.

Eles cuidarão de tudo, desde a instalação até a retirada, e se certificarão de que seu novo produto chegue a tempo e pronto para ser vendido.

Marcações: